Alunos da UFG participam de competição em programação

Evento é chance de demonstrar habilidades na área
 
Alunos da Universidade Federal de Goiás participaram, na quarta, 23 de maio, de uma competição de programação. Conhecido como Codejam, o evento proporcionou a estudantes da área de informática, ou mesmo aqueles que dominam algum conhecimento em programação, a chance de demonstrar suas habilidades.
 
As competições ocorreram entre os turnos da tarde e noite. O Codejam é organizado pela SAP, empresa de software com filial em São Leopoldo, interior do Rio Grande do Sul. Trata-se da única unidade da empresa na América do Sul, cuja sede se situa na Alemanha.
 
Na ocasião, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre tecnologia, programação e design thinking em palestras no auditório do Instituto de Estudos Socioambientais (IESA). As competições ocorreram nos laboratórios de informática do Instituto de Informática.
 
Nos desafios, os  estudantes puderam usar qualquer linguagem ou ambiente de programação. Houve premiações para primeiro, segundo e terceiro colocados. Originalmente, o CodeJam foi desenvolvido pelo Google para atrair talentos na área da engenharia. E a SAP realiza o mesmo. Em 2017, três ex-estudantes da UFG foram contratados pela empresa. 
 
A edição vespertina da competição teve 34 participantes, já a noturna contou com 11.Os três primeiros colocados em cada uma das edições foram:
 
CodeJam |  tarde:
 
1) Rafael Assis
 
2) Misael Mateus
 
3) Murilo Pereira
 
Todos eles são alunos do curso de Bacharelado em Ciência da Computação na UFG.
 
CodeJam  | noite:
 
1) Welton Cardoso
 
2) Marcos Lucas
 
3) Ermesom Barros
 
Welton é Bacharel em Ciência da Computação na UFG e mestrando em Computação na UFG. Marcos é aluno do curso de Bacharelado em Ciência da Computação e Ermenson é aluno do curso de Sistemas de Informação, ambos na UFG. Em cada edição os ganhadores foram agraciados com prêmios ofertados pela empresa SAP. Os dois primeiros colocados ganharam fones de ouvido da marca JBL. O terceiro colocado foi premiado com uma mochila espacial.
 
 
A SAP desenvolveu a cultura de contratar recém-formados, além de fornecer programas de estágio em períodos de verão/inverno. No entanto, a recrutadora da SAP, Sofia Rieth, explica que as oportunidades também podem ser negociadas. Estudantes ou recém-formados que possuem interesse em atuar na aréa de programação/desenvolvimento, suporte técnico ou consultoria podem procurar a empresa e buscar se encaixar em algum quadro.
 
 
Texto: Pedro Lopes
Fotos: Adriano Justiniano
 
Fonte: SECOM/UFG
Texto: Pedro Lopes
 
Fotos: Adriano Justiniano