Fase 2 da Olimpíada Brasileira de Informática

O Instituto de Informática da UFG sediará a Fase 2 da Olimpíada Brasileira de Informática para os candidatos selecionados na fase anterior. Informações sobre as provas estão disponíveis no portal.

POSCOMP 2014

O Exame Nacional para Ingresso na Pós-Graduação em Computação - POSCOMP, executado pela Coordenadoria de Processos Seletivos, da Universidade Estadual de Londrina- Cops UEL em parceria com a Sociedade Brasileira de Computação - SBC, tem como objetivo avaliar os conhecimentos de candidatos a Programas de Pós-Graduação em Computação oferecidos no Brasil.

A inscrição para o POSCOMP 2014, que teve início no dia 21 de julho pode ser feita até 14 de agosto, somente via internet, pelo site do evento. O valor da taxa de inscrição é de R$ 63,00 para associados da SBC e de R$ 84,00 para não associados.

A prova será aplicada no dia 21 de setembro de 2014, os locais de aplicação do POSCOMP estarão especificados a partir de 15 de setembro no Cartão Informativo de cada candidato.

Para mais informações, acesse: http://www.cops.uel.br/concursos/174_poscomp_2014/

1º Workshop de Teses de Doutorado em Ciência da Computação

O Workshop de Teses é uma oportunidade de o aluno anunciar o objeto de sua pesquisa, discutir desdobramentos importantes relacionados ao assunto e apresentar e receber contribuições valiosas à atividade de pesquisa. Visitantes são bem-vindos.

Técnico e Professor do INF desenvolvem aplicativo que facilita a identificação para tratamento de casos de doenças transmissíveis

No último dia 10/06 a UFG e a Secretaria Municipal de Saúde lançaram a Rede Avançada para Detecção e Diagnóstico de Agravos para Resposta (RADDAR). No lançamento estiveram presentes o Reitor da UFG, o secretário de saúde do município, professores do ICB, do IPTSP e do INF.

O destaque do lançamento foi o aplicativo desenvolvido pelo Daniel Carvalho (do NRC), orientado pelo Fábio Costa. O aplicativo é um dos resultados do TCC desenvolvido pelo Daniel na especialização em Redes de Computadores e  Segurança de Sistemas do INF. O aplicativo permite o monitoramento dos atendimentos feitos pelos médicos e a propagação de informações sobre doenças endêmicas.

Parabéns ao Daniel e ao Fábio Costa pelo trabalho desenvolvido.

Mais detalhes acesse aqui.